ALGARVE

O Algarve caracteriza-se pela sua bela costa e clima mediterrânico. Os sectores predominantes são os serviços e o turismo. O Algarve recebe em média 5 milhões de turistas por ano, sendo o pico no Verão. Em vários concelhos, o número de hóspedes ultrapassa o número de residentes. O Algarve é afamado pelas atividades tradicionais de pesca, como a do atum, e produtos como a laranja, o figo, o medronho.

 

Exemplos de iniciativas e projetos apoiados pela Europa

 

  • A partir do projeto EMSO-PT: Observatório Europeu Multidisciplinar do Fundo do Mar e Coluna de Água, comparticipado em mais de 50% por fundos europeus, passa a ser possível monitorizar o clima e sismos com base no fundo do mar Algarvio.

 

  • No turismo, são vários os projetos cofinanciados em mais de 50% pela União Europeia, entre os quais: Observatório da Sustentabilidade da Região do Algarve para o Turismo; EETUR- Eficiência Energética em Empreendimentos turísticos no Algarve para maior competitividade e sustentabilidade do sector; Pro Profile rate otimizer: e-traveler profiling for dynamic pricing: sistema que interpreta padrões da procura no sector hoteleiro e ajusta em tempo real a oferta de preços de acordo com o perfil e o padrão da reserva. No que respeita ao mar, existem diversos projetos, por exemplo: ALISSA: Alimentação Saudável e Sustentável para Peixes de Aquacultura; MAR4PAIN: Novo analgésico para tratamento da dor crónica desenvolvido a partir de compostos marinhos. Estes receberam respetivamente 868 169,42EUR e 353 071,75EUR de financiamento de fundos europeus.

 

  • Em relação ao desenvolvimento económico, a título de exemplos: A SPAROS I&D, Nutrição em Aquacultura é uma empresa “spin-off” da Universidade do Algarve que visa a inovação e desenvolvimento de novos processos, produtos e tecnologias referentes à alimentação para peixes; Corwin: Desenvolvimento de um alimento de alto rendimento para as primeiras idades da corvina. Estes foram comparticipados por fundos europeus, respetivamente, em 70% e 78%.

MAIS INFORMAÇÕES

  • Instituto Nacional de Estatística, ine.pt
  • EPRS | Serviço de Estudos do Parlamento Europeu | epthinktank.eu
    * Esta informação foi produzida pelo Parlamento Europeu.

Share This